• jornalismo42

Talão do sistema rotativo de BH não será mais aceito a partir de 10 de janeiro

Os usuários do sistema de estacionamento rotativo de Belo Horizonte que ainda possuem talões de papel precisam trocá-los por créditos eletrônicos. Uma portaria publicada pela BHTrans, no Diário Oficial do Município (DOM), determina que o talão de papel não seja mais aceito na capital a partir do dia 10 de janeiro.

O talão, que costumava ser comercializado em vários pontos da cidade, não é mais vendido desde 2018, com a criação do rotativo digital. Mesmo assim, muitos usuários que haviam adiquirido o talão ainda podiam utilizá-lo.

Na portaria assinada pelo presidente da BHTrans, Diogo Oscar Borges Prosdocimi, traz que a medida se dá por conta da "pequena utilização de talão de papel nas áreas de estacionamento rotativo".

A publicação define ainda que a troca do talão por créditos eletrônicos deve ser feita no modelo um para um, ou seja, para cada folha, um crédito eletrônico.

"O usuário deverá realizar cadastro no APP Rotativo Digital BH, informando CPF e email. Deverá preencher formulário fornecido pela BHTRANS e entregar pessoalmente, juntamente com os talões de papel no BH Resolve (Rua Caetés, 342) ou através de carta registrada, para o mesmo endereço ou local a ser definido pela BHTRANS", traz a publicação no DOM.

A BHTrans informou que os créditos eletrônicos serão fornecidos em até 15 dias úteis após a entrega da documentação necessária, na conta vinculada ao CPF do usuário.






0 comentário