• jornalismo42

Cemig prorroga prazo para parcelamento da dívida de inadimplentes

Clientes com contas atrasadas da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) terão mais prazo para negociar a dívida. A companhia divulgou, nesta quinta-feira (17), que o prazo foi estendido até o dia 4 de março.

Estão elegíveis os titulares de contas residenciais e de pequenos comércios, além de prestadores de serviços. O parcelamento não tem juros e pode ser feito em até 12 vezes para clientes de baixa tensão, que recebem até 220V. Segundo a Cemig, esse perfil corresponde a 80% dos consumidores. As pessoas que fazem parte do programa federal de Tarifa Social de energia elétrica podem parcelar em até 24 vezes. Clientes que já possuem um parcelamento em aberto podem solicitar um novo financiamento. Porém, o pagamento deverá ser feito por meio do cartão de crédito. Como fazer o parcelamento Segundo a Cemig a campanha começou em dezembro do ano passado e terminaria nesta sexta-feira (18). A companhia afirmou que foi grande a adesão do público e, por isso, resolveu estender o prazo.

O pedido de parcelamento pode ser feito pelo telefone, por meio do WhatsApp 31 3506-1160. Basta enviar um “oi”. Em seguida, digite “parcelamento”.

Outra opção é acessar o portal Cemig Atende Web. Basta realizar o login, selecionar a instalação que possui débito em aberto e, posteriormente, o serviço “Segunda Via e Pagamento de Contas”. Em seguida, o cliente pode verificar se existe a opção de seleção de débitos e a possibilidade de realizar o pagamento com a utilização de cartão de crédito. Lembrando que, caso o cliente não possua parcelamento ativo, estará disponível a opção de parcelamento em até 12 vezes sem juros.

O cliente pode realizar o cadastro para débito automático no banco de preferência, utilizando o código disponível na própria fatura. O procedimento é simples e precisa ser realizado uma única vez. Clientes dos bancos Santander, Itaú, Banco do Brasil, Sicoob, Bradesco, Mercantil e Nordeste podem realizar o cadastro diretamente nos canais de atendimento Cemig.




0 comentário